Riscos do YouTube: Como não cometê-los

RISCOS DO YOUTUBE

Por Gerson Neto

Há várias boas razões para não escolher o YouTube como única opção para hospedagem e distribuição dos vídeos da sua empresa. Apesar de ser um site grande, confiável e gratuito, nem sempre o caminho mais conhecido é o mais adequado.

Pensando nisso, preparamos um post com os principais riscos do YouTube com com relação a sua empresa para hospedagem de vídeos. 

Confira!

Riscos do YouTube

Perder força de monetização e clientes em potencial

Riscos do YouTube

A maior parte das pessoas vai ao YouTube para conferir videoclipes, esquetes de humor e vídeos de gatinhos. Os hábitos contam muito na internet, e a maioria dos usuários não têm o hábito de usar o YT para conferir conteúdos tão específicos sobre empreendedorismo, esportes ou educação, por exemplo.

Ter uma boa estratégia de posicionamento do seu site para torná-lo referência em determinado tipo de conteúdo é o caminho ideal para ganhar audiência qualificada e lucrar com vídeos online. Quanto mais você conseguir fortalecer a sua marca e se tornar referência na web, maior o potencial de monetização dos seus vídeos via publicidade.

Anunciantes gostam de audiência segmentada e conteúdo Premium. E confiar apenas no YouTube para os vídeos da sua empresa pode passar uma falsa sensação de que eles estão atraindo o máximo de tráfego possível (afinal, estão no maior site de vídeos), mas não é bem assim. Talvez essa não seja a audiência que você esteja buscando e tão pouco a lucratividade ideal do seu conteúdo.

Não medir os resultados dos vídeos

Riscos do YouTube

Costuma-se dizer que você recebe pelo que paga, então o serviço grátis dificilmente é o melhor. O YouTube fornece aos seus usuários um número muito limitado de informações sobre o desempenho dos vídeos, como uma estimativa dos minutos assistidos e das fontes do tráfego.

Plataformas com fins mais profissionais conseguem fornecer o número exato de minutos assistidos, a porcentagem de pessoas que assistiram até o fim, se elas viram de novo e os lugares específicos onde o vídeo foi visto. Essas informações são fundamentais no seu plano de negócios e na sua estratégia de marketing de conteúdo.

Trabalhar para os outros

Riscos do YouTube

Como quase todos os serviços gratuitos, o YouTube vive de anúncios. Se seu vídeo for uma ferramenta promocional, os usuários assistirão a outro anúncio antes. Para um vídeo que você planeja viralizar e que seja compartilhado por todo mundo (o que nunca é garantido), o conhecido YouTube pode ser a melhor opção. Mas para ter mais controle e garantir que seu conteúdo não gerará renda e visualizações para outras empresas, uma solução profissional é mais acertada.

Entendeu quais são os riscos do YouTube ao subir os vídeos da sua empresa na plataforma? Caso tenha mais algum risco que não foi falado aqui, compartilhe-o conosco!

Queremos saber sua opinião.

A aproveite também para se inscrever em nossa LISTA VIP aqui e fique sabendo em primeira mão sobre as novidades que estão por vir!

Ir para o Topo do Site